Câmara de São João da Barra aprecia projetos de lei importantes

A sessão da Câmara de São João da Barra desta terça-feira (28) teve início com a leitura de nove projetos de lei para autorização de abertura de crédito adicional por excesso de arrecadação e que serão destinados, em sua maioria, ao custeio de ações e serviços públicos na área da Saúde. As proposições, enviadas pelo Executivo, foram lidas e encaminhadas para análise das comissões de Finanças e Orçamento e Justiça e Redação.

O plenário também aprovou dois projetos de lei de autoria do vereador Analiel Vianna: o 066/2021 (que denomina de Estevão Gonçalves, a rua sem saída que começa ao lado do comércio do senhor Babau na RJ 240 com seu término em frente à residência do senhor Jorge Felipe, em Mato Escuro) e o 067/2021 (que denomina de Anatagildo Pereira de Almeida (mais conhecido como Dudu, a rua sem saída que começa na RJ 240 e termina em frente ao terreno do senhor Adilson, em Água Preta).

Moção – No início da sessão, foram aprovadas duas moções: uma moção de pesar, apresentada por Elisio Rodrigues, aos familiares de Alexandre Nunes, mais conhecido como Juca, morador de Barcelos, motorista de ônibus da empresa Ouro Negro, falecido no último dia 20. A outra moção foi proposta por Sônia Pereira, ao diretor geral da empresa Brasil Port, Paulino Nóbrega, pelo trabalho realizado pela empresa, no Porto do Açu. 

1ª discussão – O plenário aprovou, em primeira discussão, os PL 068/2021 (de Elisio, que denomina de Ranulpho Mattos Fernandes, a antiga Rua Rothschild Nogueira, localizada no prolongamento da BR-356 entre a Rua Prefeito Rafael Mayerhofer e a Rua Ernani Alves, em Atafona) e o PL 069/2021 (de Carlos Machado da Silva/Kaká e Alan Barreto, que dispõe sobre os procedimentos para comprovação de vida de idosos pelas instituições bancárias; vedando à instituição, exigir a presença pessoal de idosos que estejam passando por problemas de saúde).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *