Drones na Segurança Pública de São João da Barra

Ferramenta está sendo utilizada para monitorar o carnaval no município 

Pequenas aeronaves não tripuladas estão sendo utilizadas para garantir maior segurança aos foliões, em São João da Barra. A ferramenta, conhecida como drone, é uma estratégia de ampla abrangência, capaz de cobrir extensa faixa de terra, diferentemente da segurança humana. O investimento, pela Prefeitura de São Joao da Barra, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SEMSEP), tem por objetivo facilitar o direcionamento das equipes de segurança – Polícia Militar, Proeis, segurança privada e Guarda Civil Municipal para o local exato das ocorrências. Os profissionais são acionados por rádio.

– Este mecanismo possibilita o monitoramento de toda a avenida e adjacências em tempo real e as imagens possuem alta resolução. Ao percebermos movimentações suspeitas, as equipes de segurança são acionadas e enviadas ao local. Desta forma, conseguimos evitar situações de conflito em menos tempo – afirmou o secretário de Segurança Pública, Anderson Campinho.

O carnaval de São João da Barra, conhecido como o melhor do interior do estado do Rio de Janeiro, atrai multidão de foliões, e a segurança tem sido intensiva. Para isso, conta com o trabalho desenvolvido no  Centro Integrado de Segurança Pública (CIOSP), instalado no terminal rodoviário Dr. Fernando Hélio Pinheiro e que recebeu reforço de câmeras de vigilância que monitoram o município. Sobre tudo, nos locais de eventos.

“A segurança da população, turistas e visitantes é uma preocupação da prefeita Carla Machado, e a integração entre órgãos deste setor é fundamental para que possamos garantir a eficácia do trabalho”, pontua o secretário.

Além de drones, houve aumento na quantidade de câmeras na avenida do samba e ruas de acesso. Em todo o percurso é possível identificar guaritas da Polícia Militar, assim como segurança privada, e órgãos municipais. 

– Fico muito a vontade em curtir o carnaval nesta cidade com a minha família, porque vejo que temos policiais e seguranças em todos os cantos – disse o carioca Paulo Silva, que visita a cidade pela terceira vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *