Pai cai no golpe do falso sequestro e paga R$ 2 mil a bandidos

Vítima deixou o dinheiro no local combinado com bandidos, uma lixeira na Avenida Alberto Torres

3

Um homem passou a madrugada desta segunda-feira(14) ao telefone com um bandido que dizia ser integrante de uma quadrilha que havia sequestrado seu filho. O pai foi a um banco, retirou R$ 2 mil e deixou em uma lixeira no final da Avenida Alberto Torres. Depois disso, se hospedou em um hotel no Centro, onde aguardava amanhecer o dia para retirar mais R$ 8 mil que também seriam deixados no final da Avenida Alberto Torres, no Parque Nova Brasília.

Segundo informações da polícia, a vítima, um morador do bairro do Jóquei, de inicial E., de 57 anos,  recebeu uma ligação de um bandido dizendo que o filho dele, de 32 anos,  havia sido sequestrado e que o pai precisava pagar para que ele fosse liberado. Para isso, ele não poderia desligar o telefone e precisava seguir todas as orientações dos criminosos. O pai chegou a falar ao telefone com um jovem que se passou pelo filho dele.

Policiais militares estiveram com a vítima no local onde o dinheiro foi deixado para os bandidos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ocorre que, a família avisou a polícia que o pai havia saído de casa para pagar o resgate. Depois de várias buscas nesta madrugada, o carro usado pelo pai, modelo Saveiro, cor branca, foi localizado em frente ao Banco do Brasil,  na Praça Quatro Jornadas, Centro de Campos. Testemunhas informaram aos policiais em que direção o pai havia caminhado.

Após percorrer vários hotéis, policiais localizaram o pai hospedado em um hotel situado na Rua Baltazar Carneiro(rua onde funcionava o Ministério do Trabalho). Ele ainda estava ao telefone com um bandido, quando foi avisado pelos policiais que se tratava de um golpe.

O pai contou aos policiais que se desesperou e acabou sacando R$ 2 mil em uma conta bancária. Como ele não tinha todo o dinheiro, marcou de entregar o restante na manhã desta segunda-feira. Mas, recebeu a orientação dos bandidos para não retornar à sua casa, por isso decidiu se hospedar no hotel.

A Polícia foi ao local marcado pelos bandidos para pagamento do resgate, mas a primeira parcela de R$ 2 mil não estava no local. O caso foi registrado na 134ª DP/Centro para investigação.

Créditos: Site Campos 24 Horas

sequestro 1403 2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.