PROJETO CONTE ATÉ 10: VALENTE MESMO É QUEM NÃO BRIGA.

O projeto “Conte até 10: Valente mesmo é quem não Briga”, organizado pelo Conselho Nacional do Ministério Público como ação vinculada à ENASP – Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública em parceria comConselho Nacional da Justiça e Ministério da Justiça foi aderido pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura do Município de São Francisco de Itabapoana em abril deste ano.

sfi

O referido projeto surgiu devido a necessidade de combate a violência que vem crescendo nos últimos anos e tem por objetivo criar uma cultura de paz, tolerância e reflexão na comunidade escolar, sensibilizando sobre os impactos negativos da violência de modo que esta cultura se consolide nas escolas e se estenda, através da comunidade escolar para toda a sociedade.

O público-alvo para implantação do projeto foi estudantes do segundo-segmento ( 7º, 8º e 9º anos)das escolas municipais de São Francisco de Itabapoana.

Desta forma, as escolas que participaram do projeto foram:

›  E. M. Décio Machado – Barra do Itabapoana

›  E.M. Manoel Gomes S. Lemos – Morro Alegre

›  E.M. Aventina Maria Ferreira – Floresta

›  E.M. João Paes Viana – Aroeira

›  E.M. de Gargaú – Gargaú

›  E.M. Dirceu Dias da Silva – Guaxindiba

›  E.M. João Batista de Almeida – Sossego

›  E.M. Aníbal de Abreu Viana – Buena

›  E.M. Miguel Nunes Barbosa – Estreito

›  E.M. Manoel A. de Carvalho – Praça Imaculada

›  E.M. Domingos Santos – Ponto de Cacimbas

›  E.M. Abelino José de Souza – Batelão

›  E.M. Manoelina de S. Rodrigues – Travessão de Barra

›  E.M. Estelita de Araújo Crespo – Praça João Pessoa

›  E.M. Ilda Muylaert de Machado – Brejo Grande

O projeto teve início em 30 de abril deste ano, com uma passeata pelo centro do município que culminou no auditório do Colégio Estadual São Francisco onde foi apresentado a operacionalização do projeto para a comunidade.   Várias autoridades estiveram presentes na ocasião, entre eles, o Prefeito Pedrinho Cherene.

O Conte até 10 foi dividido em quatro fases.  A primeira fase foi a aplicação dos temas de combate a violência em forma de palestras nas Unidades Escolares. A segunda fase foi a formação e treinamento dos MEDIADORES DE CONFLITO. A terceira e quarta fases consiste na culminância e na avaliação de todo o desempenho do projeto, a qual acontecerá no dia 05 de novembro deste ano na Praça dos Três Poderes a partir das oito horas da manhã.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.