Nova pesquisa mantém Garotinho na ponta para governador

Diferença do primeiro para o segundo colocado é de sete pontos percentuais

pesquisa

A medida que a eleição de outubro se aproxima, o deputado federal Anthony Garotinho (PR) não somente aparece mais uma vez liderando a preferência do eleitorado fluminense como aumenta a distância de seus concorrentes na corrida para a disputa do Palácio Guanabara. Na pesquisa realizada pelo instituto UP- Ulrich Pesquisa e Marketing, o ex-governador alcançou 24% das intenções de voto, contra 17% de Marcelo Crivella (PRB).

O UP entrevistou 4.002 pessoas entre os dias 18 e 21 de junho de 2014 em 63 municípios do Estado. A margem de erro da pesquisa é de mais ou menos 1,5 pontos percentuais. O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral sob o número BR-00190/2014. O contratante é a A. Ahmed Empresa Jornalística Ltda.

Outros candidatos – Lindbergh Farias (PT) e Luiz Pezão aparecem com 10%, enquanto Cyro Garcia (PSTU) soma 2%; e Tarcísio Motta (Psol) tem apenas 1% de intenções de voto. Os votos em branco e nulos, com um percentual de 23%; não sabiam responder ou não opinaram, 12%.

Esses percentuais correspondem aos dados da pesquisa estimulada, quando os pré-candidatos são apresentados ao entrevistado, a quem é formulada a seguinte pergunta: se a eleição para governador fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem o(a) sr(a) votaria?

Votos brancos lideram espontânea

Já na pesquisa espontânea, aparece com destaque o elevado percentual de votos em branco e nulos (16%), além dos que não souberam responder ou não opinaram (67%). Nesta sondagem, Garotinho também lidera, com 7%; Pezão, com 3%; Lindbergh, 2%; e Crivella, com o mesmo percentual.
Na espontânea, o entrevistado responde à seguinte pergunta: se a eleição para governador do Rio de Janeiro, fosse hoje, em quem o(a) sr(a) votaria?

Presidência – Se dependesse de cariocas e fluminenses, a presidente Dilma Roussef seria eleita em primeiro turno na disputa do Palácio do Planalto em outubro. A presidente e seu vice Michel Temer tem 38% de intenções de votos, enquanto a chapa tucana formada por Aécio Neves/Aloysio Nunes ficou com 15%. A chapa PSB/Rede, de Eduardo Campos/Marina, com 10%; pastor Everaldo/Dila Kunzler (PSC), 4%; Eduardo Jorge e Célia Sacramento, 1%. Outros candidatos não pontuaram. Os votos em branco e nulos somaram 19%, enquanto 13% não sabem ou não opinaram.

Neste questionário, o entrevistado responde a seguinte pergunta: se a eleição para presidente fosse hoje e as chapas concorrentes fossem estas, em quem o(a) sr(a) votaria?

42% não aprovam administração de pezão

A administração do governador Luiz Fernando Pezão não passou no teste. O percentual de eleitores que desaprovam o atual governo é de 42%. Do universo de entrevistados, 34% aprovam; 24% deles não sabem ou não opinaram. Nesta sondagem, o entrevistado responde se aprova ou desaprova a administração do governador.

Outra – A pesquisa também traz números sobre a avaliação do governo da presidente Dilma Roussef, com 49% de pessoas entrevistadas que aprovam sua administração, enquanto 46% desaprovam. Não sabem ou não opinaram, 5%.

Créditos: Jornal O Diário

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.