Vereador Franquis solicita mamógrafo para SJB

Franquis

Por meio de indicação, na sessão desta segunda-feira (16), na Câmara de Vereadores de São João da Barra, o edil Franquis Arêas de Freitas indicou um mamógrafo para o Centro Municipal de Emergência Dr. Pedro Otávio Enes Barreto, na Sede. “O câncer de mama é uma doença que vem atingindo muitas mulheres e é de grande importância a instalação desse aparelho para atender às mulheres sanjoanenses, que atualmente precisam se deslocar para outras cidades para fazer este exame”, observou.

Também para o Centro de Emergência, o vereador Eziel Pedro da Silva solicitou à Secretaria de Saúde, um nobreak para auxiliar nos exames de ultrassonografia. O vereador Jonas Gomes de Oliveira solicitou ao Executivo, que providencie o recadastramento imobiliário no município, identificando as áreas rurais e urbanas para que os proprietários possam regularizar as suas escrituras.

 

DEMAIS PEDIDOS

Ronaldo – patrolamento nas vias públicas do loteamento Telê Santana e do bairro Lagoinha (Grussaí) e colocação de cobertura em todas as academias populares;

Eziel/Aluizio – construção de um campo de futebol em Cazumbá e de uma rotatória adequada em Sabonete;

 

Elísio – construção de abrigos de passageiros em todo o município.

 

Câmara de SJB cria parlamento jovem

Uma boa notícia para os alunos de escolas públicas e privadas de São João da Barra. Na sessão desta segunda-feira (16), a Câmara de São João da Barra aprovou o projeto de resolução nº 107/2013, dos vereadores, Alex Firme e Aluizio Siqueira, que dispõe sobre a criação do “Parlamento Jovem Municipal”, na Câmara, compreendendo atividades de caráter informativo, relativas ao exercício da cidadania e elucidativas do funcionamento do Poder Legislativo.

O Parlamento Jovem, que terá sua primera edição ainda este ano, visa possibilitar aos alunos de escolas públicas e particulares, a vivência do processo democrático mediante participação em uma jornada parlamentar na Câmara de Vereadores, com diplomação e exercício de mandato. O exercício do mandato terá caráter instrutivo e ocorrerá todos os anos, no segundo semestre, em data a ser marcada pela Mesa Diretora da Casa.

Constituído por estudantes de 6ª ao 9ª ano do ensino fundamental, e com idade entre 10 e 16 anos, o Parlamento Jovem será composto em número igual à quantidade de vereadores da Câmara Municipal. A legislatura vai durar cinco dias, incluindo a diplomação, a posse e a redação de autógrafos dos projetos aprovados na Ordem do Dia e publicação em Edital.

– É com muita satisfação que estamos implantando esse projeto, que já é sucesso em outros parlamentos, e que vai contribuir bastante para a formação política e social desses jovens em nosso município. E temos certeza de que colheremos bons frutos dessa iniciativa, afinal, poderão ser eles nos representando aqui no futuro – observou Aluizio.

Segundo Alex, os critérios para a seleção dos alunos será divulgado posteriormente. “Este trabalho será uma forma de conscientizar os jovens sobre o processo legislativo, e acreditamos que muitas boas ideias sairão daqui desse plenário nesses cinco dias”, informou Alex, acrescentando que o trabalho contará com o apoio da Secretaria Municipal de Educação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.