Garotinho comenta sobre denúncia no STF

garotinho

O deputado federal Anthony Garotinho comentou em seu blog sobre a matéria da Revista Época, onde é afirmado no texto que a Procuradoria Geral da República (PGR) denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) ele e a prefeita de Campos, Rosinha Garotinho.

O deputado lembra que “bastou que na quarta-feira ele assinasse o pedido da CPI para investigar o rombo fiscal praticado pela TV Globo contra a Receita Federal, avaliado em mais de R$ 650 mil” para “mais uma vez usaram a revista Época para atacá-lo”.

Garotinho explica que “o ministro Dias Toffoli, numa decisão meramente administrativa, sem sequer instaurar inquérito, mediante uma denúncia que envolve 89 pessoas, disse que pelo fato de Garotinho ser deputado federal, conforme determina a lei, será analisado pelo STF”.

Segundo o deputado, a matéria é direcionada e que “o ministro Dias Toffoli disse no desmembramento do processo, que ele tem 15 dias para apresentar as alegações e só então ele decidirá se haverá abertura de inquérito. Portanto, não há inquérito nenhum contra Garotinho, como induz a matéria da Época. Mas para fazer alarde e confundir as pessoas, o repórter dá a entender que eu estou respondendo a processo, quando não há nem inquérito”, afirma, finalizando que “quem responde a processo é a Globo, e não eu”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.