Comparativo de alguns shows entre Campos e São João da Barra

Os blogs e alguns sites da região criticam os valores da contratação de shows promovidos pela Prefeitura de Campos, mas não citam os valores das cidades vizinhas. O jornalista Lauro Jardim, da Revista Veja publicou esta semana, uma matéria que fala dos shows de Campos e sobre criticas que o deputado federal Anthony Garotinho faz ao prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

Fazendo uma comparação com a cidade de São João da Barra, podemos ver diferença de valores, na contratação do padre Antônio Maria. A Prefeitura de Campos contratou o cantor por R$ 51.000 e São João da Barra, por R$67 mil. O show da banda Adoração e Vida custou aos cofres da Prefeitura de Campos R$ 47 mil reais e aos de São João da Barra, R$73 mil.

O Diário Oficial da Prefeitura de São João da Barra que é publicado pelo Jornal Folha da Manhã trouxe no mês de Fevereiro e Março alguns valores de shows: Fernando e Sorocaba –  R$ 350 mil; Parangolé –  R$140 mil ; Kid Abelha – R$ 128 mil; Sorriso Maroto –  R$ 186 mil; Michel Teló –  R$250 mil; Roupa Nova –  R$ 157 mil; Hugo e Tiago – R$65 mil; Tomate – R$ 144 mil.
Durante a operação “Telhado de Vidro”, o show do cantor Elymar Santos chegou a custar 64 mil reais e o show da banda Jammil, 164 mil.

Confira na imagem:

Créditos: Blog do Angelo Rafael

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.