Capitania dos Portos visita local onde será construída ponte entre SJB e SFI

ponte 2

O sargento Neto e o cabo Emerson que atuam na Capitania dos Portos de São João da Barra, acompanhados do engenheiro do DER / Norte Fluminense Ivan do Amaral Figueiredo, o subsecretário de Transporte de São João da Barra Felipe Quintanilha, o coordenador da Defesa Civil de São João da Barra Adriano Martins e os engenheiros da Secretaria de Obras de São João da Barra Luiz Fernando e Carlos Augusto, visitaram o local onde será construída a ponte que ligará os municípios de São João da Barra a São Francisco de Itabapoana.

O encontro foi agendado visando a realização de uma vistoria com o intuito de adquirir subsídios de elaboração de um parecer da Marinha do Brasil / Capitania dos Portos de São João da Barra sobre o ordenamento do espaço aquaviário e segurança de navegação. “Demarcamos a latitude e longitude do local englobando os dois lados das cabeceiras da ponte, tiramos fotos, fizemos um relatório de toda área vistoriada”, comentou o sargento Neto que reunirá toda a papelada na sede da Capitania dos Portos de onde será emitido o parecer da Marinha dando o aval para construção da ponte.

O engenheiro do DER/Norte Fluminense, Ivan do Amaral, declarou que está aguardando outros pareceres como o do INEA (Instituto Estadual do Ambiente), da  ANA (Agência Nacional das Águas) e de algumas secretarias do município de São João da Barra. “Após essa fase de liberação, que é considerado o último procedimento técnico durante o processo de licitação, vamos realizar, provavelmente, no mês de março uma visita técnica. O  objetivo é explicar todo o procedimento de construção da ponte com a presença dos responsáveis técnicos das firmas que concorrerão à licitação”, explicou Ivan.

– É importante ressaltar que o projeto antigo da ponte é de 7 km de viaduto passando em uma área que fica totalmente alagada no período de cheia do Rio Paraíba do Sul e a construção de um dique para substituir determinados trechos seria inviável na questão ambiental. Ivan ressalta que o projeto atual da ponte é de 1344 metros e não vai interferir em nada na questão do meio ambiente, além disso, a mudança de local de construção da ponte não vai prolongar muito a distância entre São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, que será aumentará em apenas 4,5 KM.

O engenheiro da Secretaria de Obras Carlos Augusto informou que já foram realizadas as sondagens do terreno para ver o dimensionamento dos pilares e a secretaria Municipal de Pesca já emitiu o Nada Opor. A certidão de conformidade da área informando que o traçado das cabeceiras está em Zona Rural será emitida em breve pela Secretaria de Obras. “O tabuleiro da ponte terá um comprimento de 1344 metros e uma largura de 16,20 metros englobando duas faixas de rolamento, duas faixas de acostamento e uma faixa de pedestre”, detalhou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.