Foliões aprovaram resgate dos antigos carnavais em Rio das Ostras

rdo 1

Shows, matinês com artistas circenses, bailes noturnos e blocos garantiram a diversão de moradores e turistas

Moradores e, aproximadamente, 120 mil turistas participaram do “carnaval da família” em Rio das Ostras. O formato, que resgatou os antigos carnavais realizados na cidade, agradou quem passou a folia no município. O diferencial deste ano ficou por conta dos blocos, bailes à moda antiga e matinês com artistas circenses. Outro destaque ficou por conta dos shows realizados em Costazul, que atraiu por dia cerca de 10 mil pessoas. Além disso, a Prefeitura reforçou a segurança e a execução dos serviços de limpeza e, também, garantiu a acessibilidade dos foliões.

Logo no final de tarde de sexta-feira, dia oito, os blocos já começaram a fazer a festa de quem estava nas orlas das praias da cidade. Nos dias de folia eles arrastaram milhares de pessoas em Costazul e no Centro.

No camping de Costazul, entre os shows realizados estavam nomes como Paulinho da Viola, Luiz Melodia e Léo Jaime. Quem encerrou a folia foram os filhos do saudoso Simonal, Max de Castro e Simoninha, que levantaram o público na terça-feira. “Nossa… muito bom! Um público maravilhoso e que nos recebeu super bem. Muito boa essa programação de Carnaval variada atendendo todos os gostos, e todo tipo de público”, disse Max de Castro. “Já tocamos na região, mas, aqui em Rio das Ostras, foi a primeira vez. Um prazer tocar para essa galera animada. Muito gratificante!”, completou.

Os bailes noturnos resgataram a alegria dos antigos carnavais. No Centro, eles foram embalados pela Orquestra Cuba Libre, e centenas de pessoas brincaram durante todos os dias de folia. Também houve bailes em Cantagalo e Rocha Leão.

A Tenda Circo chamou a atenção de crianças e, também, dos responsáveis que levaram os pequeninos até o local, onde aconteceram os bailes noturnos e infantis. Na tenda, várias gerações puderam brincar juntas. O espaço reuniu artistas circenses, alegorias e brinquedos para os pequenos foliões. Além de fantasias, a garotada pôde se divertir com tobogã, casa de bolas e outras atrações. Uma das apresentações musicais foi a da cantora e compositora Bia Bedran, que animou o público com marchinhas antigas e canções especiais. De acordo com a subsecretária de Turismo, Valéria Pinheiro, a “Tenda Circo” foi o grande sucesso do carnaval 2013. “Trouxemos de volta as matinês, num ambiente seguro e voltado para as crianças”.

Depois da realização do evento, o prefeito Sabino informou que o objetivo proposto pela festa foi cumprido. “Nosso desejo era que o Carnaval fosse para toda a família. E estamos satisfeitos, pois a festa aconteceu do jeito que idealizamos”, destacou Sabino.

Para a secretária de Turismo, Carla Ennes, o carnaval ofereceu opções de diversão sadia para todas as idades. O que se observou, segundo ela, foi uma animação com muito conforto aos foliões.

PLANEJAMENTO DA FOLIA É ELOGIADO POR FOLIÕES

As impressões positivas do carnaval de Rio das Ostras não param. A Guarda posicionou viaturas na entrada e saída da cidade e em outros pontos estratégicos. O resultado foi um número reduzido de acidentes de veículos, 15 ao todo. Nenhum com vítimas graves. Nas praias, guarda-vidas fizeram uma operação permanente, que resultou em 91 salvamentos. As equipes ainda coibiram o abuso do som alto dos carros. A ação contra o estacionamento irregular retirou 28 veículos que atrapalhavam o tráfego de carros e pessoas. Menos de 10 minutos era o tempo em que os resgates eram feitos pelas equipes médicas. Quatro delas ficaram em pontos estratégicos.

Para garantir uma cidade limpa, foram instalados banheiros químicos em vários locais. Nas vias, cerca de 450 funcionários realizaram os serviços de limpeza. Já a mobilidade foi garantida com o aumento do número de vans.

Há quatro anos morando em Rio das Ostras, Noé Ferreira contou que é a segunda vez que passa o carnaval na cidade. “Estou surpreso com o Carnaval. Está muito organizado e voltado para a família. Podemos brincar como nos carnavais mais antigos”, disse o aposentado.

O turista Rodrigo Castro, por exemplo, veio do Rio de Janeiro e disse que há muito tempo não se divertia tanto neste período. “Rio das Ostras está de parabéns. Conseguiu manter um carnaval com gostinho de interior. Blocos de rua, pessoas fantasiadas e shows que resgataram os antigos carnavais. Aonde a gente ia via ambulâncias e percebia a presença de guardas municipais e guarda-vidas. Não me arrependi. No próximo ano pretendo voltar”, disse.

Durante a festa, aconteceram ainda campanhas de conscientização de proteção a criança e ao adolescente e de combate à Dengue. A primeira foi realizada pela secretaria de Bem-Estar Social e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, já a segunda pela secretaria de Saúde. “Estamos de mãos dadas com o Conselho nesta e em outras ações. A Prefeitura também está atenta aos direitos das nossas crianças e adolescentes, ninguém pode desviar o olhar para o problema”, disse a secretária Rose Santos. Já para o prefeito Sabino, é preciso aproveitar este período para envolver as pessoas e educar sobre saúde, proteção e respeito às mulheres e crianças. “O poder público também tem esse papel”.

Para a subsecretária de Turismo, Valéria Pinheiro, o formato deu certo e será nesta linha que a Prefeitura vai trabalhar nos próximos anos. “Além dos elogios que escutamos nas ruas, recebemos e-mails de vários empresários. Claro que temos coisas para melhorar, mas fizemos uma grande festa”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.