Tumulto na Câmara de São João da Barra

13/nov/2012

Vereador Neco tenta explicar à PM o incidente na Câmara

Os vereadores da bancada governista na Câmara Municipal de São João da Barra (CMSJB) tentaram destituir pela manhã o presidente do Legislativo, vereador Gerson da Silva Crispim, o Gersinho (PR), mas não tiveram êxito em sua estratégia e o caso foi parar na Delegacia de Polícia. Os sete parlamentares da situação solicitaram a Gersinho a convocação de uma sessão extraordinária, mas diante da negativa do presidente e de um parecer contrário da Procuradoria Jurídica da Casa, forçaram a realização da reunião ao tentarem arrombar a porta principal do prédio.

Ao tomar conhecimento da manobra atribuída ao vereador Aluizio Siqueira Filho (PMDB), Gersinho foi chamado, se deslocou para o prédio da Câmara, ao lado do vereador Antônio Manoel Machado Mariano, o Zezinho Camarão (PR), e logo solicitou reforço da Polícia Militar (PM).

Para justificar a destituição, os vereadores alegam faltas, omissões, abuso de autoridade e ineficiência na condução dos trabalhos do Legislativo.

MPE arquiva pedido

Os argumentos utilizados pelos governistas já tinham sido enviados ao Ministério Público Estadual (MPE) para abertura de inquérito civil público. Porém, a Promotoria julgou improcedente e optou pelo arquivamento de um deles.

A procuradora da Câmara, Estela Lobato, em seu parecer, argumentou junto aos vereadores governistas que a decisão de convocar a sessão para destituir Gersinho era “equivocada, anti-regimental e, portanto, ilegal”.

Segundo a procuradora, a solicitação de uma sessão para a destituição do presidente deve obedecer aos trâmites legais. Gersinho teria que ser citado para exercício do direito de defesa, assim como deveria ter sido observado o cumprimento de prazos regimentais.

Logo após o incidente, Gersinho se dirigiu até a delegacia de Polícia de São João da Barra para registrar a ocorrência pela tentativa de arrombamento do prédio pelos vereadores governistas. É a segunda tentativa dos vereadores da situação em afastar Gersinho, adversário da prefeita Carla Machado (PMDB).

Créditos: Jornal O Diário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.