LLX e OSX promovem encontro ambiental em São João da Barra

Durante os dias 07 e 08 de
novembro mais de 30 escolas de São João da Barra participam do 1º Encontro do
Ligado no Ambiente. Promovido pela LLX, que desenvolve o Superporto do Açu, no
município, e a OSX, responsável pela Unidade de Construção Naval do Açu, o
encontro tem como objetivo apresentar os resultados dos projetos desenvolvidos
pelos alunos das escolas municipais, durante o ano letivo, dentro do escopo do
Projeto de Educação Ambiental Ligado no Ambiente. O programa é realizado nas
escolas do município através de parceria entre as empresas que atuam no
Superporto do Açu, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Secretaria de
Meio Ambiente de São João da Barra e a Agência Nacional de Desenvolvimento
Econômico Social e Defesa Ambiental (Andesa).

No evento serão abordados
assuntos como reciclagem, consumo sustentável de água e energia, hortas,
cidadania, resíduos sólidos e coleta seletiva. O encontro das escolas do
“Ligado no Ambiente” acontece em conjunto com a Feira Municipal de Ciência,
Tecnologia e Inovação (FEMUCTI), promovida pela Secretaria Municipal de Educação
e Cultura de São João da Barra.

Os estandes estarão abertos à
visitação pública, incluindo os alunos da rede municipal de ensino. Durante o
encontro, as empresas fizeram a doação do ecomóvel – estante móvel com
publicações, jogos e dvds de apoio ao ensino de educação ambiental – para
escolas com 2º segmento (6º ao 9º ano) que também integram o projeto Ligado no
Ambiente.

Sobre o
Programa

Diagnosticar e aumentar a
conscientização sobre a realidade socioambiental dos alunos de São João da Barra
e mostrar como os jovens do município podem se beneficiar com a chegada dos
novos empreendimentos no município. Esses são alguns dos objetivos do programa
de Educação Ambiental Ligado no Ambiente, realizado pela LLX e OSX, empresas do
Grupo EBX, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura,
Secretaria de Meio Ambiente de São João da Barra e a Agência Nacional de
Desenvolvimento Econômico-Social e Defesa Ambiental (Andesa).

Já em seu 2º ano, o programa é
desenvolvido em escolas municipais de São João da Barra. Além de fazer um raio X
da realidade socioambiental dos alunos, a iniciativa também promove a busca de
soluções para os problemas detectados, formando assim uma agenda ambiental
escolar para ser trabalhada ao longo do ano. Cidadania, resíduos sólidos, coleta
seletiva, saúde e meio ambiente, gravidez na adolescência e drogas são alguns
dos assuntos em pauta. O programa também desenvolve ações como a capacitação de
professores e diversas oficinas pedagógicas nas escolas.

A edição deste ano foi ampliada
para abranger todo o ensino fundamental e contará com a participação de 150
educadores e 2.500 alunos de 16 escolas do ensino fundamental, além dos pais de
alunos e a comunidade do entorno das escolas. A primeira fase do programa, em
2011, reuniu 50 profissionais de educação e 1.200 alunos de nove escolas do
segundo segmento (6º ao 9º ano).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.