Bolsa Família cancela 10 mil benefícios em Macaé

Em Rio das Ostras, cancelamento atinge quase cinco mil famílias


Mais de 10 mil famílias ficaram sem receber o Bolsa Família no mês de julho, em Macaé. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento Social de Combate à Fome (MDS). O Bolsa Família é um programa do Governo que visa a transferência direta de renda a famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza no país com renda familiar per

capita inferior a R$ 70 mensais por pessoa.

Segundo dados do MDS, as famílias deixaram de receber o benefício devido a irregularidades como a falta de atualização do cadastro. Ainda segundo dados do órgão, a cidade possuiu 17.958 famílias cadastradas, porém, somente 7.404 tiveram o direito de receber o auxílio. De acordo com o técnico operacional do Bolsa Família em Macaé, Otair Figueiredo, das mais de 10 mil que não receberam o benefício somente 8.200 possuem o perfil para o recebimento, ou seja, se enquadram nos requisitos para adesão do auxílio. “O que muitas famílias não entendem é que se os dados não estiverem atualizados elas perdem o Bolsa Família. A atualização do cadastro é muito

importante”, ressalta Otair. As famílias que precisam comparecer ao posto de atendimento são as que receberam o boleto informativo da Caixa Econômica indicando o mês que a mesma deve se apresentar para fazer o recadastramento.

No município de Rio das Ostras, o número de famílias que não receberam o benefício foi menor do que em Macaé. Ainda segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, a cidade possui 8.699 famílias cadastradas, dessas somente 4.641 não receberam o auxílio. Os motivos pelo não recebimento foram os mesmos – falta de atualização de cadastro ou renda per capita familiar acima do valor estabelecido.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.