Flu vence o Coxa; Vasco só empata

O Fluminense foi fatal e, com dois gols em dois minutos, venceu o Coritiba por 2 a 0, no Couto Pereira, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, e se manteve na terceira posição, agora com 29 pontos, três atrás de Atlético/MG e a dois do Vasco. O próximo desafio tricolor será contra o São Paulo, quinta-feira, em São Januário.

No primeiro tempo, mesmo jogando como visitante, o Tricolor dominou o jogo e teve mais posse de bola que o Coritiba. Entretanto, apesar da superioridade, o time das Laranjeiras pouco criou.

A equipe carioca chegou a balançar as redes aos 28 minutos, com o atacante Wellington Nem, mas o árbitro anulou, marcando toque de mão do camisa 18. O Coritiba só ameaçou no final da etapa inicial. Ayrton cobrou falta para área, Everton Costa cabeceou e Cavalieri defendeu. Na sequência, a bola pegou em Fred e por pouco não entrou. O próprio atacante evitou o gol contra.

No segundo tempo, a partida ganhou intensidade. E o Coritiba tomou conta do jogo depois que o Fluminense perdeu Deco e Wellington Nem, que saíram lesionados.

A situação do time do técnico Abel Braga melhorou quando Ayrton foi expulso aos 36 minutos. O Fluminense aproveitou e, no minuto seguinte, em bate-rebate na área, Marcos Junior bateu cruzado e Pereira tentou cortar, mas marcou contra.

Em desvantagem, o Coritiba se lançou ao ataque em busca do empate, mas deu espaços para o contra-ataque. Foi assim que Tricolor chegou ao segundo gol, aos 39 minutos. Thiago Neves recebeu na intermediária e lançou Wagner na área, que tocou para Fred apenas empurrar para as redes e sacramentar a quinta vitória do Fluminense como visitante neste Brasileirão.

Vasco empata sem gols com o Corinthians

O Vasco empatou sem gols com o Corinthians, em São Januário, e perdeu a chance de alcançar a liderança do Campeonato Brasileiro com o adiamento do jogo entre Flamengo e Atlético-MG. O resultado manteve a equipe na vice-liderança, agora um ponto atrás do Galo.

O primeiro tempo foi de muita marcação e pouca criatividade. O time paulista foi um pouco superior e teve duas chances de abrir o placar, enquanto o Cruzmaltino, pouco inspirado, desperdiçou uma oportunidade de tirar o zero do marcador.

A primeira chance corintiana foi com Romarinho, que, após rebote do goleiro Fernando Prass em cobrança de falta para área, finalizou em direção ao gol, mas viu o zagueiro Douglas se jogar na frente da bola e impedir o gol.

O Vasco só chegou com perigo aos 29 minutos, quando o lateral William Matheus passou por três adversários, mas chutou fraco e facilitou a defesa do goleiro Cássio.

No final da etapa inicial, o Corinthians voltou a assustar a torcida vascaína em São Januário. Jorge Henrique cruzou para a área e Douglas apareceu por trás da defesa, mas errou a cabeçada.

Na volta do intervalo, o Timão seguiu mais perto do gol que o Vasco. O time carioca só melhorou na parte final do jogo, com a entrada do atacante Tenório, mas a evolução não foi suficiente para conseguir o gol que garantiria a vitória e a liderança provisória do Campeonato Brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.