Pai de Shwartzman, campeão da F3 em 2019, morre aos 52 anos por coronavírus

Na noite do último sábado, o jovem competidor anunciou em suas redes sociais que seu pai Mikhail perdeu a luta contra o Covid-19. Na Rússia, 361 pessoas morreram da doença

Robert Shwartzman encarou de frente as consequências da pandemia do coronavírus. Na noite do último sábado (18), o jovem piloto anunciou em suas redes sociais a morte de seu pai Mikhail, aos 52 anos, mais uma vítima da doença.
 Até o momento, na Rússia, 42.853 pessoas foram infectadas pelo Covid-19. O número de mortes já bate 361, com 3.291 infectados recuperados.
 Em um emocionante texto em seu Instagram, o membro da Academia de Pilotos da Ferrari e campeão da F3 em 2019 escreveu que “choro todas as vezes que escrevo isso, não acredito que você se foi.”
 “Você me ajudou tanto durante minha vida e carreira e nunca conseguiria retribuir o suficiente. Você foi e é o melhor pai do mundo, eu te amo muito e vou sentir muitas saudades de você”, completou.

Robert e seu pai Mikhail, que morreu aos 52 anos de coronavírus (Foto: Reprodução)Quem também prestou condolências a Shwartzman foi a SMP Racing, programa de automobilismo russo que contempla o piloto. No Twitter, escreveu que “expressamos nossas condolências a Robert e a toda sua família.”
 “Faremos de tudo ao nosso alcance para ajudar Robert a lidar com essa perda”, emendou.
 Diversos pilotos deixaram mensagens de apoio a Robert, entre eles Enzo Fittipaldi e Gianluca Petecof, também da Academia de Pilotos da Ferrari, e Charles Leclerc, titular da escuderia italiana.
 Outra vítima do coronavírus que também está envolvida com o automobilismo foi Bob Lazier. Também na noite de sábado, o melhor estreante da Indy 500 de 1981 não resistiu a complicações do Covid-19 e morreu aos 81 anos.

Fonte: PORTAL TERRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *