PORTO DO AÇU TEM RECORDE DE EXPORTAÇÃO DE MINÉRIO EM MARÇO

Com reforço na segurança e manutenção das operações, Ferroport alcança a maior movimentação em um mês

São João da Barra, 06 de abril de 2020 – Em meio à pandemia do coronavírus, o Porto do Açu segue comprometido em priorizar a saúde e segurança de todos, além de dar continuidade às suas operações. Mesmo com efetivo reduzido, o empreendimento bateu recorde de movimentação de minério de ferro neste mês de março. Foram exportados um total de 2,4 milhões de toneladas pela Ferroport (parceria da Prumo Logística com a Anglo American), volume carregado em 16 navios. Trata-se da maior quantidade de minério já movimentada em um mês pela empresa, desde o início das atividades, em 2014.

“Esse resultado é fruto de um trabalho em equipe, da soma de esforços e dedicação máxima de cada um dos nossos colaboradores. Muitos deles se adaptaram rapidamente a uma rotina diferente de trabalho em home office e outros continuam indo a campo para que nossas operações possam continuar e para que consigamos garantir a atividade da nossa economia. Isso demonstra que estamos no caminho certo, em tempos de prevenção e combate ao Covid-19”, afirma Carsten Bosselmann, CEO da Ferroport.

As medidas de prevenção adotadas pela Ferroport e todas as empresas instaladas no Porto do Açu desde o início de março incluíram a criação de um Grupo de Crise, que se reúne diariamente para alinhamento de ações integradas de combate à disseminação do novo vírus. Cuidados com a segurança foram reforçados, com o acréscimo de máscaras aos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), assim como os cuidados com a higiene, com distribuição de álcool gel e ações para evitar aglomeração de pessoas, como diminuição de colaboradores nos ônibus fretados e escalas no refeitório.

Primeira empresa a se instalar no Porto do Açu, a Ferroport já exportou 73,8 milhões de toneladas desde que começou a operar. O produto, da empresa Anglo American, chega ao porto por meio do maior minerodutodo mundo, com 529 km de extensão e que atravessa 33 municípios, desde Conceição do Mato Dentro (MG). Com 20,5 metros de profundidade, o terminal de minério de ferro pode receber navios do tipo Panamax e Capesize, de 220 mil toneladas.

Sobre o Porto do Açu

Com atividades iniciadas em 2014, o Porto do Açu tem grande vocação para o segmento de O&G devido à sua localização estratégica próximo às principais bacias offshore do país. Movimenta petróleo, minério de ferro, carvão, coque, bauxita, carga geral e de projetos, entre outros.

O porto privado conta com 130 km² de área, sendo 40 km² de reserva ambiental. Atualmente já são 14 empresas instaladas no empreendimento: Porto do Açu Operações, Açu Petróleo, BP Prumo, B-Port (empresa do Grupo Edison Chouest), InterMoor, NOV, TechnipFMC, Wärtsilä, Ferroport, Anglo American, Dome, GNA (Gás Natural Açu), Estação Açu e Aeródromo Norte Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *