Samsung cria tela de celular ‘otimizada para o 5G’, mas isso não faz sentido

Empresa não deu qualquer justificativa de como o seu novo display melhora a utilização das novas redes de internet móvel

Samsung anunciou uma nova tecnologia para telas de celulares promissora, mas chama a atenção a forma como a empresa decidiu promover seu novo produto. A coreana decidiu apresentar o novo display como “otimizado para a era 5G”.

Há benefícios claros e reais na nova tela OLED da Samsung. A empresa diz ter conseguido causar uma redução de emissão de luz azul, apontada como causadora de vários problemas, incluindo dificuldades para dormir, de 7,5% para 6,5%. Além disso, a companhia nota que o consumo de energia foi reduzido em 15%, o que ajuda a reduzir o peso do display sobre a bateria.

O que a Samsung não explica é como isso tem a ver com “a era 5G”. É um fato que, neste momento, o uso do 5G consome muita energia nos celulares, que precisam sair de fábrica com baterias enormes, que acabam resultando em aparelhos enormes e pesados. No entanto, reduzir o consumo de bateria é uma mudança que não tem exatamente a ver com o 5G, mas é um benefício para o smartphone por inteiro.

Pela lógica, uma tela “otimizada para a era 5G” deveria proporcionar algum benefício técnico ligado diretamente à conectividade 5G, mas não parece ser o caso. A Samsung não menciona nenhuma inovação como a tela proporcionar a inclusão de mais antenas para captação de sinal, ou que o seu painel OLED causa menos interferência nas ondas de rádio, proporcionando melhor recepção.

A nova tecnologia de telas da Samsung deve dar as caras no Galaxy Note 20, que costuma ser apresentado entre o fim de agosto e o início de setembro. A Samsung também licencia sua tecnologia para outras empresas, então outras marcas de smartphones poderão se beneficiar com o display “otimizado para a era 5G” em breve.

Fonte: OLHAR DIGITAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *