Semana da Pátria em São João da Barra

Desfiles têm início nesta terça-feira, a partir das 9h, no Açu, e prosseguem até o dia sete

Em comemoração aos 197 anos da Independência do Brasil, começa nesta terça-feira, 3, a Semana da Pátria, em São João da Barra. A partir das 9h, estudantes e bandas marciais desfilam no Açu. Já na parte da tarde, às 14h, será a vez dos alunos de Mato Escuro. O desfile oficial acontece no dia 7, sábado, na Avenida Joaquim Thomaz de Aquino Filho, na sede do município.

As unidades escolares que vão desfilar no Açu serão as seguintes: Creche Municipal Maria Alaíde do Espírito Santo (Açu), Escola Municipal Manoel Nunes Barreto (Capela São Pedro), Escola Municipal Manoel Grecy Mendonça ( Azeitona), Escola Municipal Manoel Alves Rangel (Quixaba), Creche Municipal Manoel Luiz Nogueira (Quixaba) e a Escola Municipal Chrisanto Henrique de Souza (Açu).

Já na parte da tarde, o desfile em Mato Escuro será dos alunos da Creche Municipal Floriano de Azeredo Siqueira (Mato Escuro), Centro Municipal de Educação Avançada (Mato Escuro), Escola Municipal José Alves Barreto (Mato Escuro), Escola Municipal Guilhermina Ignácio Mendonça (Bajuru) e Escola Estadual Municipalizada Francisco Alves Toledo (Água Preta).

A Semana da Pátria prossegue na quarta-feira, 4, em Barcelos, na rua Gregório Prudêncio de Azevedo, a partir das 9h. Na quinta-feira, 5, a apresentação acontece às 9h em Cajueiro e, às 14h, em Cazumbá. As escolas e bandas marciais de Atafona desfilam na sexta-feira, 6, às 9h. Na parte da tarde, às 15h, acontece o desfile em Grussaí.

No dia 7 de setembro, dia da Independência, acontece o desfile oficial na Avenida Joaquim Thomaz de Aquino Filho. A programação começa às 9h, com hasteamento das bandeiras por autoridades na Praça São João Batista. A partir das 10h, tem início o desfile cívico com a presença das escolas públicas, particulares e entidades militares e civis.

“A Semana da Pátria é uma oportunidade para refletirmos sobre o nosso patriotismo e, também, o contexto da Independência para o país em que vivemos. As nossas escolas constituem trabalhos em salas de aula sobre as questões que serão apresentadas em belos desfiles. É importante que a nossa população prestigie mais este exemplo de amor à pátria”, ressaltou o secretário de Educação e Cultura, Daniel Damasceno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *