Etapa da Olimpíada de Robótica acontece sábado

Macaé será sede da etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica, na Cidade Universitária, neste sábado (25), com a participação de 45 equipes representantes de escolas públicas e privadas das regiões Norte Fluminense e Baixada Litorânea, além do Estado do Rio de Janeiro. O evento será das 8h às 19h, com entrada gratuita. A expectativa é reunir 160 participantes.

Os destaques serão escolhidos para participar da fase estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), prevista para o dia 22 de setembro, em Volta Redonda, sul do Rio de Janeiro.

A etapa receberá equipes que não fazem parte de instituições específicas em provas práticas dentro do tema “resgate de vítima”, em um espaço com arenas. A equipe da Defesa Civil da Prefeitura de Macaé vai promover palestras sobre “Prevenção de Acidentes”.

A programação contará com três rodadas e com competições entre estudantes dos ensinos Fundamental, Técnico e Médio. Dão suporte às atividades professores e universitários da Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Faculdade Professor Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS).

A OBR possui duas modalidades: prática e teórica, que procuram adequar-se tanto ao público que nunca viu robótica quanto a quem tem contato com a robótica educacional. As atividades acontecem por meio de competições práticas (com robôs) e provas teóricas.

De acordo com a designer educacional Luemy Ávila, a fase regional vai impulsionar a construção de protótipos de robôs autônomos com a utilização de linguagem de programas e até lego e arduíno para resgate de vítima. “Esta é a 15ª edição da OBR e estamos muito felizes com mais esta etapa”, ressalta.

Oito equipes da rede de ensino participam

A fase regional de Macaé já está movimentando oito equipes da rede municipal. A Robóticos Daflon da Escola Municipal Professora Eda Moreira Daflon é uma das mais animadas. Entre os alunos estão Yasmin Rodrigues, Gabriel Messias de Freitas, Paulo Vítor Carvalho e Kauã Augusto Carvalho, além da professora Gilmara Santos. “Estamos animados. Amamos a robótica. Queremos fazer bonito na OBR”, disse Kauã. A mãe de Kauã, Milena Carvalho Tereza, comenta que sempre dá apoio ao filho. “Ele melhorou muito depois que entrou na robótica. Ficou mais comunicativo e sociável”, pontua.

Já Ramon Rodrigues é integrante da equipe Serratec Nasa (Colégio Municipal Natálio Salvador Antunes) e conta que esta edição será inesquecível. “Será meu último ano na escola. Estou terminando o Ensino Médio. Depois que ingressei na robótica deixei de ser individualista e tive a certeza que desejo seguir a área de Engenharia na faculdade”, pontua.

Esta edição conta com a parceria do Centro de Educação Tecnológica e Profissional (Cetep), por meio do curso de auxiliar de Panificação e Confeitaria, que será responsável pela produção de lanches.

Na etapa estadual haverá classificação para a fase nacional, que vai acontecer entre os dias 6 e 9 de novembro, em João Pessoa, na Paraíba. Nesta fase, os vencedores receberão medalhas. As melhores equipes da OBR 2018 vão disputar a categoria RoboCupJr Rescue Line, na RoboCup, competição internacional de robótica, que será realizada em 2019, em país que ainda está sendo definido.

A OBR é apoiada pelo Ministério da Educação (MEC), Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e CNPq.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *